543836852489950

Bem Vindos

Essa é a sugestão do nosso amigo Jefté. Elaborar (Riffs) melodias e bases dentro do contexto de sonoridades e campo harmônico. Trazer a relação entre graus variados como nos exemplos do BLUES maior I IV V + o VI GRAU do campo harmônico de A7+ usando F#m como sua relativa. (Tempo 4/4 desdobrado)

A7/D7/E7 D7/A7/A7/F#m7/E7 D7/A7/

A segunda ideia é tocar o modo frígio elaborando um riff base dentro dessa sonoridade e finalizar com um acorde que traz o V (E7) grau do Ch Menor harmônico de Am7+

A terceira ideia é tocar o modo eólio VI grau em Am natural + o Bm 6b substituto do VII do mesmo Ch e finalizar em (E7) V grau do ch de Am7+ harmônico (Tempo 4/4 desdobrado)

Am7/Am6b/ Bm6b/ como um falso lócrio e /E7 V do Ch de Am7+ menor harmônico/

Agora vcs podem desenvolver ideias, gravar vídeos criando contextos similares para que eu possa postar aqui e acompanhar com os senhores. Vou fazer algumas observações caso seja necessário ok.